Homem é preso por importunação sexual no centro de Poços

Um homem, de 42 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira, 10, depois de ter encostado o pênis na perna de uma operadora de caixa na Rua Francisco Salles em frente o Terminal de Linhas Urbanas no centro da cidade.  Homem fugiu em seguida mas foi detido por populares e linchado.

Homem foi espancado por populares depois que atacou a operadora de caixa – foto Márcio Leandro

A vítima, ainda abalada, contou aos militares que o homem se aproximou dela e encostou o órgão genital na perna em uma de suas pernas. A vítima começou a gritar por socorro e o homem saiu correndo, sendo detido na Rua Rio Grande do Sul.

Populares inconformados com a situação passaram a agredir o autor e só pararam no momento em que uma viatura chegou.

O homem apresentava ferimentos na cabeça e no rosto. Ele foi preso em flagrante por importunação sexual e levado para delegacia.

A vítima foi acompanhada por duas militares até a UPA para que fosse atendida.

No mês passado uma passageira de 24 anos foi molestada dentro de um ônibus que seguia de Poços para São Paulo. Um homem de 37 anos foi preso depois de passar a mão nas pernas da vítima enquanto ela dormia.

Quem comete importunação sexual pode pegar até 5 anos de cadeia

Desde setembro do ano passado este em vigor a lei 13.717/18 que criminaliza atos libidinosos sem o consentimento da vítima, como toques inapropriados. Antes, práticas eram consideradas contravenções penais e o autor pagava apenas uma multa, agora a pena é de 1 a 5 anos de prisão. A mesma pena também Server para quem vender ou divulgar cena de estupro por qualquer meio, seja fotografia, vídeo ou outro tipo de registro audiovisual. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *