Ouvidoria Móvel: moradores de Poços podem reclamar sobre serviços prestados pelo Estado

Os moradores de Poços de Caldas e região que têm algum tipo de reclamação sobre os serviços prestados pelo Governo de Minas podem se dirigir até a Praça Pedro Sanches nesta terça-feira, 11, e reclamar com os servidores que fazem parte do projeto Ouvidoria Móvel.

Ouvidoria Móvel estará na praça até as 16h – foto Poçoscom.com/Roni Bispo

Esta é a terceira edição do projeto Ouvidoria Móvel de 2019, para atender às manifestações da população local, sobre os serviços públicos prestados pelo Estado.         

Os moradores têm até às 16h para se dirigir ao estande da Ouvidoria Móvel que vai ouvir queixas, denúncias, sugestões e elogios referentes aos serviços prestados pela administração pública estadual. Os registros serão encaminhados para os órgãos competentes para as devidas apurações e, dentro do prazo legal, as respostas serão enviadas aos manifestantes que se identificarem.

Na ocasião, a Ouvidoria Especializada de Polícia também estará à disposição do público, para acolher as manifestações referentes aos serviços prestados pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil.

Além dos atendimentos presenciais, o ouvidor de polícia, Paulo Alkimim, realiza visitas técnicas e palestras sobre a atuação da Ouvidoria de Polícia para às três instituições policiais e também ao Ministério Público, na terça-feira e também nesta quarta-feira, 12.

Ouvidoria Móvel:

A Ouvidoria Móvel é um projeto da Ouvidoria-Geral do Estado de Minas Gerais (OGE) que atua, desde 2012, nos municípios de Minas Gerais. A proposta da OGE é ouvir, presencialmente, as manifestações da população, dando força à voz do cidadão e fortalecendo a democracia no país.

Ouvidoria-Geral do Estado de Minas Gerais ouve população de Poços de Caldas

O projeto Ouvidoria Móvel promove atendimento presencial para registrar manifestações dos cidadãos sobre a prestação de serviços estaduais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *