Motorista de grave acidente no Marco Divisório recebe alta

Um clima de muita emoção tomou conta da Santa Casa na manhã dessa quinta-feira, 25. Considerado um milagre, Leonardo Benedito Fernandes dos Santos, de 40 anos, que havia se envolvido em um grave acidente no dia 28 de maio, teve alta do Hospital.

Leonardo recebeu alta 29 dias depois do acidente -foto Rafael Santos/Santa Casa

Leonardo teve perda de massa encefálica e passou por cirurgia. Foram 29 dias internados no Hospital, sendo 16 dias na UTI. Devido a gravidade do caso, muitos não acreditavam na sua recuperação, que aconteceu de maneira surpreendente, sem deixar sequelas.

“Estou pronto para ir para casa, só Deus mesmo. Vou deixar para trás o que passou e seguir minha vida”, disse Leonardo antes de deixar o Hospital.

Por essas coincidências do destino, Leonardo sofreu o acidente logo após passar por um processo seletivo na própria Santa Casa, fato que tocou ainda mais a equipe do Hospital, que não segurou as lágrimas no momento de sua alta.

A médica da CTI da Santa Casa, Dra. Natália Nacarato, foi uma das que considerou o caso de Leonardo um verdadeiro milagre. “Hoje recebemos essa notícia muito feliz que o Leonardo está indo para casa. Ficamos muito gratos e felizes de termos participado do processo de tratamento dele. Gostaria de agradecer a toda equipe, a equipe médica, equipe de fisioterapia, enfermagem, a equipe da ala, que ajudou ele após a alta da CTI. Sabemos que foi um milagre, que o que a gente fez foi muito importante no período crítico, mas que também é uma pequena parte do tratamento dele. Estamos muito contentes com o resultados e esperamos que daqui para frente ele continue a melhora. Nós temos muito carinho com todos nossos pacientes e, com certeza, a gente se esforça para ter o melhor resultado sempre. Então, ficamos muito felizes de fazer parte desse pequeno fragmento da vida dele”, diz Dra. Natália.

A esposa de Leonardo, Talita Cristina Gomes Franco, agradece ao empenho de toda equipe do hospital na luta para salvar a vida de seu marido. Eu só tenho a agradecer o que a Santa Casa fez pelo Leonardo, a equipe médica, a coordenação. Nós recebemos todo o apoio possível aqui na Santa Casa, foi maravilhosa a forma que fomos tratados aqui. Ele chegou aqui em estado gravíssimo, com a chance de sobrevivência mínima, mas, em nenhum momento, a equipe desistiu dele. Investiram tudo que a medicina podia fazer por ele. Claro, que a gente agradece a Deus, que nos fortaleceu e nos deu força para conseguir chegar onde chegamos, mas, fica também a gratidão eterna com a Santa Casa de Poços”, relata Cristina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.