Poços 145 anos – A origem

Poços de Caldas 145 anos – A origem

Seria impossível contar a história de Poços de Caldas sem antes mencionar a importância da relação do município com as águas. Há 145 anos foram elas que deram origem ao nome da cidade Poços de Caldas, justamente por causa da descoberta de uma fonte com água sulfurosa que brotava da terra a uma temperatura de 45 graus, ainda no século XVII, hoje chamada de fonte da Praça Dom Pedro II, mais conhecida como Praça dos Macacos.

Após decreto em outubro de 1872 surgia Poços de Caldas – foto Memória Poços de Caldas

A água rara com poder de cura situava nas terras da fazenda do então major José Bernardes Junqueira, que foram herdadas pelo sobrinho, Pedro Junqueira.

Após ser declarada de utilidade pública a área onde a água quente com poderes medicinais jorrava o senador Godoy, presidente da Província de Minas Gerais, também determinou a desapropriação das terras foi então que em 14 de outubro de 1872 foi baixado o decreto de desapropriação de 96 hectares das terras da família Junqueira para a fundação do município. Concretizando no primeiro ato oficial em relação à fundação de Poços de Caldas no dia 6 de novembro de 1872.

Senador Godoy que também se preparava para tomar posse na Câmara Vitalícia da Província, que era a instituição do Senado nos moldes do Congresso Inglês, não mediu esforços para que a terra com águas sulfurosas se tornasse um município, deixando de ser Distrito de Caldas.

E foi para a Câmara Municipal de Caldas, que o senador encaminhou ordens expressas aos vereadores para que providenciassem as obras das futuras edificações de Poços de Caldas.

Nascia então Poços de Caldas, a partir da visão e entusiasmo do senador que enxergou naquelas águas medicinais um futuro promissor de um município que seria referência por causa de seu desenvolvimento e planejamento.

Em 1886 surgia a primeira casa de banho, abastecida com as águas sulfurosas e também termais da “Fonte dos Macacos”, usada para o tratamento de doenças de pele.

Praça dos Macacos hoje é um dos principais pontos turísticos da cidade

Em outubro daquele mesmo ano Poços de Caldas recebia o primeiro visitante ilustre, o Imperador Dom Pedro II que veio acompanhado da Imperatriz Tereza Cristina para a inauguração do Ramal da Estrada de Ferro Mogiana.

 Três anos depois, em 1889, acontecia o que o Senador Godoy sonhou um dia. A emancipação de Poços de Caldas deixando de ser vila e sendo elevada a categoria de município.

O nome de Poços de Caldas tem relação com a história da Família Real Portuguesa que na época também foram descobertos poços de águas termais e sulfurosa em Caldas da Rainha, município português muito frequentado pela realeza e onde também fora construído um hospital termal, um dos mais antigos em funcionamento no mundo.

Como em Poços de Caldas, as fontes eram poços usados inclusive por animais que tinham feridas curadas após beber da água, surgiu então o nome Poços de Caldas. Fonte: Prefeitura Municipal de Poços de Caldas/Câmara Municipal de Poços de Caldas

Um comentário em “Poços 145 anos – A origem

  • 7 de novembro de 2017 em 12:28
    Permalink

    Excelente artigo. Honremos a memoria do Senador Godoy. Parabéns a minha doce e vulcânica, Poços de Caldas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.