Polícia Militar do Meio Ambiente intensifica fiscalizações durante a Piracema

A Polícia Militar do Meio Ambiente de Poços de Caldas, por meio da 18ª Cia Ind MAT, tem intensificado as fiscalizações durante o período da Piracema. Desde o que começou o período de desova dos peixes, os militares têm realizado operações constantemente nos rios e lagos ao longo dos 55 municípios que compreendem a área de cobertura da 18ª Cia Ind MAT, entre eles as principais represas da região como a do Cipó, Palmeiral no território mineiro e principalmente Furnas.

Na última quinta-feira, 10, os militares apreenderam vários materiais proibidos durante a piracema no lago de Furnas
Na última quinta-feira, 10, os militares apreenderam vários materiais proibidos durante a piracema no lago de Furnas

Antes mesmo do início do período da Piracema, os militares realizaram campanhas educativas com o objetivo de orientar os pescadores sobre o que é permitido durante a pesca.

Durante o feriado prolongado, além das fiscalizações nas rodovias, o policiamento ambiental também será intensificado nos rios e lagoas.

Os governos federal e estadual instituem durante a piracema o período de defeso para rios e águas continentais. O período é de primeiro de novembro a 28 de fevereiro do ano subsequente. No Estado de Minas Gerais é permitida apenas a pesca com limite de quantidade para espécies exóticas, como a tilápia, originados de outros países, e ainda as espécies nativas totalizando apenas 3kg e mais um da espécie por pescador.

Os equipamentos permitidos durante o período de defeso são: linha de mão com anzol, vara, caniço simples ou carretilha ou molinete de pesca, com iscas naturais ou artificiais. Para portar o equipamento de pesca e o pescado é importante que o pescador mantenha sua licença atualizada.

Durante este período, os pescadores profissionais recebem um auxilio do governo federal, uma vez que a pesca em grande quantidade está proibida. A Piracema vai até o final de fevereiro de 2017.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.