Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Presidente do Vulcão, que contratou o goleiro Bruno é destituído do cargo

Paulo César da Silva não é mais o presidente do Poços de Caldas Futebol Clube. A decisão foi tomada durante uma assembleia realizada na tarde desta quarta-feira, 13, entre os associados do clube, em um escritório de advocacia. Uma nova diretoria foi eleita para comandar o Vulcão.

Paulo César Silva que aparece ao lado de Bruno foi destituído do cargo

Paulo César da Silva foi o responsável pela contratação do goleiro Bruno, que rescindiu o contrato com o clube por não estar recebendo o salário. As dívidas da atual diretoria foi um dos principais motivos que levaram os associados a destituir o presidente do cargo.

O clube está em situação irregular junto a Federação Mineira de Futebol (FMF), uma vez que não quitou uma dívida de pouco mais de R$ 60 mil. E por não ter acertado esta pendência, nenhum dos jogadores apresentados pelo clube foram registrados junto à federação e à CBF.

Por conta disso, os amistosos realizados pelo Vulcão, inclusive, o jogo treino em que o goleiro Bruno foi apresentado não tinham autorização da FMF, principalmente com cobrança de ingresso.

Após a saída do goleiro Bruno, os demais jogadores e comissão técnica também deixaram o Poços de Caldas Futebol Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *