Três pessoas são presas em operação contra o tráfico nas imediações da Escola Francisco Escobar

A Operação Anjos da Lei, desencadeada na manhã desta terça-feira, 13, resultou na prisão de 3 pessoas e na apreensão de 50 pedras de crack em Poços de Caldas. A ação realizada em todo país teve como objetivo combater o tráfico de drogas nas imediações de escolas.  Em Poços, os trabalhos foram concentrados nas imediações da Escola Estadual Francisco Escobar. Também foram apreendidos pouco mais de R$ 2.500,00 em dinheiro.

Em Poços após denúncias via 181, a  operação foi concentrada na região da Escola Estadual Francisco Escobar

A operação contou com a participação de 34 policiais civis, sendo 4 delegados e 30 agentes de Andradas, Botelhos, Cabo Verde, Campestre, Caldas e Poços de Caldas, que foram para as ruas para cumprir  mandados de prisão, busca e apreensão. Somente em Poços, foram presas três pessoas, sendo uma por tráfico, uma porte de drogas e a terceira por receptação de material roubado.

De acordo com o delegado regional, Gustavo Manzolli, a operação em Poços de Caldas foi desencadeada a partir de várias denúncias feitas por meio do Disque Denúncia 181, a respeito do tráfico nas proximidades da Escola Estadual Francisco Escobar, localizada no bairro José Carlos, zona leste da cidade.

“Diante das informações as equipes chefiadas pelo delegado Cleyson Brene e equipe de inteligência apuraram os fatos e conseguiram lograr êxito na apreensão de boa quantidade de crack em um dos alvos apontados nas denúncias via Disque Denúncia 181. Os demais alvos que não foram presos continuam sendo investigados ao longo do desdobramento da operação”, destacou o delegado regional.

A operação também foi realizada na área do 18º Departamento de Polícia Civil de Poços de Caldas e resultou na apreensão de R$ 46 mil em dinheiro, drogas, balanças, celulares e na prisão de mais 8 suspeitos por envolvimento com o tráfico de drogas na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.