Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Escola Cívico-Militar: a implantação do modelo será tema de audiência pública na Câmara

Está marcada para às 17h do dia 14 de novembro uma audiência pública para discutir a possível implantação do modelo Escola Cívico-Militar em Poços de Caldas.

A possível implantação do modelo cívico-militar será discutida na Câmara

O assunto gerou muita polêmica na cidade entre as pessoas que aprovam o sistema e entre as que são contrárias. A adesão de Poços de Caldas ao programa do Governo Federal pelo prefeito Sérgio Azevedo no dia 11 de outubro resultou no pedido de exoneração da então secretária municipal de educação Flávia Vivaldi, uma vez que a adesão contrapõe o projeto que vinha sendo desenvolvido na Rede Municipal de Ensino desde 2017 e  que visava à convivência ética nas unidades escolares municipais.

Dias antes do prefeito se posicionar favorável ao programa diversas entidades educacionais assinaram de forma conjunta uma carta aberta à comunidade contrárias à adesão. Inclusive representantes estiveram reunidos com o Executivo, que também recebeu representantes da sociedade que queriam a implantação do modelo em Poços de Caldas.

De acordo com o Ministério da Educação, com a implantação do modelo de escola cívico-militar, as secretarias estaduais de educação continuam responsáveis pela grade curricular, ficando aos militares a função de monitores na gestão educacional. A intenção do MEC é construir ou implantar 216 escolas cívico-militar nos 26 estados e Distrito Federal até 2023. Cada unidade vai receber R$ 1 milhão para adequação ao modelo.

Na região, além de Poços de Caldas, os prefeitos de Varginha, Passos e Pouso Alegre também se manifestaram favoráveis ao programa do Governo Federal.

As inscrições para uso da palavra serão limitadas a 10, e poderão ser feitas pelo e-mail comunicacao@pocosdecaldas.mg.leg.br, até as 18:00 do dia 13/11/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *