Falha no sistema do IBGE dobra número de casos positivos de COVID-19 em Poços e região

Dados divulgados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, neste fim de semana causou preocupação em relação a divergência dos números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde. No acompanhamento feito pelo IBGE, Poços de Caldas apareceu com 136 casos positivos e 6 óbitos.

Os dados do IBGE foram atualizados na manhã desta segunda-feira

Os números foram baseados nos dados do Boletim Epidemiológico dia 28 quando o número de casos positivos era 68 e o de óbitos 3.

De acordo com a supervisão do IBGE em Poços de Caldas, pode ter ocorrido uma falha ou erro no momento da captação dos dados, uma vez que o IBGE não faz o tratamento de dados. Eles são passados por meio de migração automática do Ministério da Saúde para o sistema do IBGE.

Ainda segundo a supervisão do IBGE, vários municípios do Sul de Minas também tiveram os números de casos positivos do Coronavírus duplicados. O mesmo ocorreu com o número de óbitos. “É bem provável que tenha ocorrido uma falha de sistemas mesmo, por causa de ter dobrado os números, uma vez que o IBGE não faz alteração de dados, já são enviados automaticamente pelo Ministério da Saúde e as correções quando ocorrem são feitas pelo próprio Ministério da Saúde”, explicou o supervisor e recenseador do IBGE de Poços, Luis Eduardo da Silva Moreira.

A informação sobre o aumento dos números fez que com a Vigilância Epidemiológica buscasse informações junto ao IBGE para compreender a diferença nos números apresentados pelo Instituto, em relação aos dados apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde e pelo Boletim local.

Em contato com a Regional de Saúde de Pouso Alegre, a Secretaria Municipal de Saúde foi informada que outros municípios também apontaram inconsistência nos dados do IBGE.

No meio da manhã a falha foi percebida e os dados corrigidos de acordo com último Boletim Epidemiológico atualizado na noite deste domingo, 30, quando o número de casos positivos chegou a 71 em Poços de Caldas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.