IASM vai quitar parte da dívida com a Unimed para evitar a suspensão do atendimento aos servidores

Após o recebimento de notificação extrajudicial informando sobre a possibilidade de suspensão do atendimento médico pela Unimed aos servidores municipais, caso não fosse feito o pagamento da dívida do Instituto de Assistência aos Servidores Municipais de Poços de Caldas à cooperativa médica, a diretoria do IASM anunciou que o repasse referente ao mês de maio, no valor de R$ 1,2 milhão,  será feito nesta sexta-feira, 5, pela Prefeitura.

Repasse em atraso deve ser feito nesta sexta-feira, 5, pela Prefeitura – foto arquivo/Poçoscom.com

De acordo com a presidente do Conselho Diretor do IASM, Ângela Cerqueira Vaz de Alcântara, diante do risco de suspensão do atendimento médico, a direção encaminhou um ofício para a Prefeitura alertando sobre a notificação recebida.

Segundo a presidente, a notificação cobrava o acerto conforme acordo feito entre a Prefeitura e a Unimed, após uma reunião realizada no dia 17 de junho deste ano, quando o prefeito expôs a situação financeira da Prefeitura aos representantes da cooperativa.

Atualmente, o IASM tem uma dívida de R$ 8.212.029,38 com a Unimed, R$ 702.781,10 com a Climepe e R$ 267.928,03 com dentistas.

O Instituto atende a aproximadamente 10 mil usuários entre servidores municipais e dependentes.    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *