Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.

Pacientes da Santa Casa participam de sessão de equoterapia

Uma experiência única. Foi assim que os pacientes da Santa Casa se sentiram com a realização da primeira sessão de equoterapia realizada no pátio do hospital. A iniciativa, única no estado de Minas Gerais e uma das primeiras do Brasil em instituições hospitalares, veio em uma parceria com a Equoterapia Viva La Vida.

O cavalo Dr. Sharp vai ajudar os pacientes na recuperação

Pacientes das alas desceram até o estacionamento do Hospital, onde, amparadas pela equipe comandada pelo equoterapeuta Fernando Leite, puderam entrar em contato e até montar no cavalo Dr. Sharp, treinado e preparado para esse tipo de ação.  “O cavalo é um animal muito próximo ao ser humano, o andar, a temperatura corpórea, o ritmo, a cadência do animal, tudo isso ajuda o paciente através da sensibilidade. Temos essa parceria com a Santa Casa e esperamos estender esse projeto por muito tempo, nossa intenção é sempre poder ajudar”, conta Fernando Leite, responsável pela Equoterapia Viva La Vida.

O superintendente da Santa Casa, Azér Zenun, explica que esse é mais um projeto em que o Hospital busca o fator humanização. Ele lembra que, recentemente, já havia sido implantado na Irmandade a Cão Terapia.
 “Nós estamos em um processo de humanização, de melhoria. A equoterapia trará um ganho de felicidade, que irá ajudar na cura dos pacientes que necessitam desse tipo de terapia. É um projeto muito lindo, um projeto arrojado, que tem todo o apoio da Santa Casa. Iniciamos recentemente a Cão Terapia, agora a Equoterapia e vamos sempre buscar coisas que nos ajudem a cada dia melhorar o atendimento e trazer uma condição melhor aos pacientes”, afirma o superintendente.

Entre os pacientes que participaram dessa primeira sessão estava João Pedro, de 9 anos, que nunca tinha andado a cavalo e realizou seu sonho ao montar no Dr. Sharp. A sessão também contemplou Benedita da Silva, paciente do setor de Oncologia, que aprovou a novidade. “Eu gostei muito, me senti muito bem em andar e ter contato com o cavalo, fiquei muito feliz com a oportunidade. Espero que o Hospital mantenha esse tipo de iniciativa para poder trazer coisas boas aos pacientes”, falou Benedita.

As sessões de equoterapia no Hospital serão frequentes. A próxima já está marcada para o dia 12 de outubro, quando a equipe de Humanização da Santa Casa promoverá um Dia das Crianças especial para os jovens pacientes da Pediatria. Além do cavalo Dr. Sharp, já estão confirmadas a presença do Capitão América, da golden retriever Sissi e do shitsu Nagay, junto com a turma da clínica Gatino Fitness, que é quem realiza a Cão terapia na Irmandade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *