Poços Promove Jovem forma mais uma turma para inserção no mercado de trabalho

Se você pudesse mandar uma mensagem para as pessoas que fizeram esse curso acontecer, o que você diria? “Eu ia agradecer muito porque é um projeto importante demais, que é capaz de salvar vidas e pode motivar jovens que estão pensando em desistir a participar também”, responde Emmily Raquel Durante de Jesus, com um largo sorriso no rosto. Ela é uma das participantes da segunda turma do projeto Poços Promove Jovem, cuja solenidade de formatura foi realizada na noite da última quinta-feira (15), no Jefté Buffet.


Emmily de Jesus foi uma das participantes a receber seu certificado – Foto Michelle Veloso

A aluna do 9ª ano da Escola Municipal Mariquinhas Brochado é moradora do Jardim Itamaraty, na zona leste da cidade. Com apenas 14 anos, soube aproveitar todo o percurso do projeto. “A gente não aprendeu só coisa profissional, a gente aprendeu coisas que vai levar pra vida, por exemplo, empatia, que é se colocar no lugar do próximo, trabalho em equipe, tudo isso eu tenho certeza que vou levar para o resto da vida, foi muito importante pra mim e pra todos”, diz.

O curso de capacitação, oferecido pela Secretaria Municipal de Promoção Social em parceria com a Faculdade Pitágoras, permite o desenvolvimento pessoal e profissional de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, visando sua integração ao mundo do trabalho. O programa busca propiciar um espaço de autoconhecimento, que favoreça a identificação das capacidades e potencialidades desses adolescentes e jovens, estimulando a construção de um projeto de vida.

“De início, eles chegam bem fechados, mas aos poucos vão entendendo qual é o objetivo do curso, vão se abrindo, questionando e compartilhando experiências”, conta a facilitadora do projeto, Patrícia Cristine Rodrigues, que acompanhou de perto todo o percurso dos participantes.

Ela informa que a formação inclui diversos temas relacionados ao mundo do trabalho. “Discutimos qual o sentido do trabalho, que o trabalho não é só uma remuneração, mas também uma ação social, qual o sentido daquilo que estamos fazendo. Também falamos sobre relação interpessoal, postura profissional, comunicação, processo seletivo e atividades de autoconhecimento, tudo para auxiliar os jovens e adolescentes na primeira experiência de trabalho”, afirma.

Duas vezes por semana, os alunos participaram das atividades na Faculdade Pitágoras. O público atendido é encaminhado pelos serviços da Secretaria de Promoção Social. A segunda turma do Poços Promove Jovem conta com 30 adolescentes e jovens. “Esse curso é uma experiência que vocês vão levar para o resto da vida. Vocês vão usar sempre o que aprenderam e será muito útil para a inclusão no mercado de trabalho”, disse o prefeito Sérgio Azevedo aos formandos.

Ele destacou que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social, tem desenvolvido um trabalho ímpar, especialmente na inclusão de jovens e mulheres no mundo do trabalho e que, além da continuidade das iniciativas já ofertadas, serão desenvolvidas ações de qualificação para desempregados, abrindo novas possibilidades. Ele informou também que a Prefeitura trabalha para a implantação do Programa Jovem Aprendiz no município.

Para a secretária municipal de Promoção Social, Luzia Teixeira Martins, o projeto Poços Promove é uma das iniciativas mais importantes desenvolvidas pela pasta porque abre oportunidades que fazem diferença na vida das pessoas. “Quero parabenizar a equipe, as famílias e, principalmente, os nossos adolescentes e jovens que, toda semana, participaram das atividades, acreditaram, buscaram esse autoconhecimento e autoformação. Foi com muita emoção que ouvimos os relatos do quão importante o curso foi para eles. A solenidade de formatura é mais um passo para a inserção no mundo do trabalho, para construir uma história diferente para esses jovens que já começam a sonhar com o universo adulto”, enfatiza.

A solenidade de formatura foi realizada no Jefté Buffet e contou com coquetel para formandos e convidados e show com o músico Michel Falcão.

Teoria e prática
O curso teve início em 24 de abril e encerramento em 24 de julho, com carga horária de 75 horas. Participaram adolescentes e jovens de 14 a 21 anos. São dois encontros semanais com três horas de duração cada, nos quais são abordados temas voltados à inclusão produtiva, visando ao desenvolvimento pessoal e profissional por meio do treinamento de competências comportamentais como proatividade, empatia, automotivação, responsabilidade, habilidades sociais, habilidades para trabalho em equipe, dentre outras necessárias para a integração no mundo do trabalho.

O programa Poços Promove Jovem foi idealizado pela secretária municipal de Promoção Social, Luzia Teixeira Martins, e teve início em agosto de 2018. O projeto é desenvolvido em parceria com a Faculdade Pitágoras. Os alunos do curso de Psicologia, inscritos no Estágio Básico de Orientação Profissional e Carreira, acompanham todo o processo.

São trabalhadas questões como autoconhecimento, mercado de trabalho, desejos e expectativas dos participantes e a visão do trabalho, que hoje é bastante negativa nos adolescentes. Muitos entram no projeto sem vislumbrarem a continuidade dos estudos, por exemplo. “Nossos estagiários fazem, então, um trabalho de resgate de que o estudo pode trazer novos significados e do trabalho como uma questão de inclusão na sociedade”, ressalta a professora Juliana Maria Cava, supervisora de Estágio de Orientação Profissional e Carreira da Faculdade Pitágoras. “O projeto é muito rico porque leva o aluno universitário para a prática, contribuindo para a sociedade. Nosso aluno no Pitágoras tem uma vivência prática bastante significativa, aliando a teoria à prática, de uma maneira que eles possam contribuir socialmente, além de aprender”, completa.

A coordenadora do Curso de Psicologia do Pitágoras, Lívia Malaquias, que já atuou na Prefeitura, destaca que é uma honra estar na faculdade e poder atender o público da Promoção Social, com o qual já trabalhou diretamente. “Percebemos como os alunos se transformam, tanto enquanto estudantes quanto como pessoas. É importante também para nós, como educadores, poder vivenciar esse momento de aprendizagem junto com eles”, celebra. “Eles acham que não é possível, que eles não vão conseguir e, dentro desse projeto de orientação profissional, a gente trabalha as habilidades que eles têm para inseri-los tanto no mercado de trabalho como incentivá-los a dar continuidade aos estudos. É muito gratificante ver o crescimento dos adolescentes e eles conseguirem reconhecer que são capazes”, enfatiza a estagiária Josiele de Cássia Pereira, estudante do 9º período do curso de Psicologia, que trabalhou com as duas turmas do Poços Promove Jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *