Restaurante Popular volta a servir refeições no salão nesta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, 09 de julho, o Restaurante Popular Elza Monteiro Ferreira, no pátio do Mercado Municipal, reabre o salão para o consumo das refeições no local, com a adoção de rigorosas medidas sanitárias e de segurança por conta da pandemia do novo coronavírus.

As mesas terão um distanciamento de 2 metros uma das outras e alguns bancos também foram retirados

A reabertura atende solicitação da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais e visa facilitar o acesso das pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Desde o dia 18 de maio, o Restaurante Popular vinha fornecendo suas refeições apenas por meio de marmitex. A solicitação para a reabertura ao público e consumo no local foi atendida pelo Comitê Municipal Gestor Extraordinário do Plano de Contingenciamento em Saúde do Coronavírus.

O horário de funcionamento é das 11h às 14h. O serviço de marmitex será mantido, sendo entregue exclusivamente por funcionário aos usuários. O limite máximo será de 48 pessoas simultaneamente, com tempo máximo de permanência de 20 minutos no salão de refeição.

O uso de máscaras será obrigatório para todos os colaboradores e usuários que adentrarem ao recinto, sendo proibida a entrada de pessoas sem a devida proteção. Cartazes serão afixados na entrada e no espaço do Restaurante Popular, com orientações e regras sanitárias. Nas pias de higienização das mãos serão disponibilizados sabonete líquido, álcool gel 70° e papel toalha.

A refeição será servida por meio de prato feito montado pelos colaboradores e entregue ao cliente em bandejas e pratos previamente higienizados e as saladas serão servidas já temperadas. As mesas terão distanciamento de 2 metros e serão higienizadas após cada uso.

Os balcões de distribuição serão protegidos com barreiras de acrílico. Os colaboradores passaram por treinamentos sobre boas práticas de manipulação e uso correto de Equipamentos de Proteção Individual.

Ampliação das refeições a R$ 2,00

Atualmente, pessoas com rendimento de até um salário mínimo e idosos com renda de até dois salários mínimos, que possuem carteirinha específica, pagam R$ 2,00 pela refeição. A partir desta quinta-feira (9), o benefício será estendido a todas as pessoas com renda de até dois salários mínimos.

“O benefício está sendo temporariamente estendido devido à grave crise causada pela pandemia do novo coronavírus, de forma a atender o maior número de pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica”, destaca o secretário municipal de Promoção Social, Carlos Eduardo Almeida. Os demais usuários do Restaurante Popular pagam R$ 5,50 pelo prato.

Cabe destacar que os critérios para a concessão do benefício e os meios para a obtenção da carteirinha serão definidos por decreto a ser publicado no Diário Oficial do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site está protegido. Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize as ferramentas de compartilhamento da página.